Eletropay responde sobre perda do investimento no Shark Tank e ligação com a 3xBit

Eletropay perde investimento de R$ 3,2 milhões do Shark Tank

Como noticiamos ontem (11), a Eletropay participou e bateu recordes no programa Shark Tank Brasil, arrecadando investimento de R$ 3,2 milhões feito por Camila Farani em troca de 20% de participação societária na empresa.

A parte curiosa é que a empresa que pertence ao mesmo grupo que comanda a 3xBit, não foi aprovada após o Due Dilligence, uma análise que inclui aspectos como sua área de atividade, as possibilidades e perspectivas para o futuro do negócio e o estado de seus ativos e passivos, assim perdendo esse novo aporte financeiro.

Você pode ler a matéria na integra clicando aqui.

Nota enviada pra nós, da Webitcoin, por Rodrigo Ambrissi, da Eletropay

A Eletropay, empresa global de pagamentos com suporte em criptomoedas, esclarece que é uma companhia independente, que seu contrato em negociação com a 3XBIT concede licença do uso da marca Eletropay e hardware âmbito do território brasileiro.

 

Portanto, são completamente infundados os rumores de mercado que apontam o uso de recursos da Eletropay nas atividades da 3XBIT. São empresas distintas, com contas e caixas separados.

 

Sobre a due diligence realizada pela G2 Capital, da investidora Camila Farani, após o Shark Tank, a Eletropay esclarece que não foi aprovada por conta de entraves burocráticos, que não puderam ser resolvidos no curto período estabelecido nas regras do programa do Sony Channel. Continuamos em contato com Camila Farani e retomaremos o processo de formalização do investimento assim que possível.

  • Veja também: Eletropay perde investimento de R$ 3,2 milhões do Shark Tank

The post Eletropay responde sobre perda do investimento no Shark Tank e ligação com a 3xBit appeared first on Webitcoin.

Please follow and like us:
error

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *