Que tal pagar na Starbucks usando sua carteira de Bitcoins? Ou ir no Futebol?

Prévia:
Estava terminado de escrever a matéria de hoje quando saiu a notícia que o Benfica, o meu time em Portugal é o primeiro clube europeu a aceitar Criptomoedas. Pode ler aqui o link dessa notícia.

Olá, queridos amigos do Aprender Sobre Bitcoin! Hoje vou fazer escrever sobre uma notícia que tirei um print e mandei para vocês lá no grupo do Telegram: os métodos de pagamento em diversos comércios, inclusive na Starbucks! Acredito que vocês estejam lendo este texto de forma entusiasmada, não é mesmo? Eu pelo menos estou bem feliz publicando este post, sabe por quê?
Primeiro porque o nosso amigo Bitcoin voltou de férias e está em uma ascensão de preço que chama a atenção, assim como eu tinha sugerido que aconteceria em meu post do Forum Público

;

Segundo que, todo mundo que ama café, pelo menos uma vez na vida experimentou os da cafeteria Starbucks e agora temos a notícia de que será possível pagar esse cafezinho ou seu frapuccino com Bitcoins!

Pois é… então se você está lendo este artigo em alguma Starbucks, mande uma selfie pra gente lá no grupo do Telegram rsrs.

Aceitar pagamentos em Bitcoins não é uma tarefa tão simples quanto usar a moeda local. Para dar certo, é preciso haver regulamentação, estabilidade e confiança das pessoas para passarem a usar criptoativos. Porém, esta realidade está mudando, pois, algumas empresas de grande nome estão passando a aceitar Bitcoin como pagamentos, além de outros tipos de criptomoedas. Quando falo dessas empresas, me refiro à:
Starbucks, cafeteria;Amazon Whole Foods, que é uma rede multinacional de mercados que vendem produtos naturais e orgânicos;Crate and Barrel, rede de 105 lojas no Canadá e EUA que vende utilidades domésticas;Nordstrom, departamento de luxo.
Entre tantas outras parcerias. Coloquei a Starbucks no topo, porque acredito que dentre estas empresas que citei, a cafeteria seja a mais conhecida no Brasil, porém, sua parceria e pagamentos com Bitcoin ainda não é oficial.

Como o pagamento com Bitcoin funciona?
Você já foi em algum supermercado que tenha aquelas maquininhas de cartão modernas, que ao finalizar a compra aparece lá “Insira ou aproxime seu cartão”? Então, essas maquininhas tem uma tecnologia maior que as convencionais, que só de aproximar um objeto, ela já consegue fazer a leitura. O pagamento com criptomoeda vai funcionar quase da mesma forma, só que segurando seu celular próximo da maquininha. Isso é possível graças a três nomes: Flexa, Gemini e Spedn, cada um com seu papel fundamental neste cenário:
FLEXA: é uma start up de pagamentos, que promove pagamentos instantâneos em Bitcoin, Ether, Bitcoin Cash e Gemini Dolar.

GEMINI: é uma empresa que presta serviços de compra, venda e custódia de criptomoedas, completamente regulamentada pelo Departamento de Serviços Financeiros de Nova York (NYSDFS). A empresa possui também sua própria moeda, a Gemini Dolar, que é uma stablecoin. Uma curiosidade sobre a Gemini é que ela tem esse nome devido aos donos: os irmãos gêmeos Winklevoss. Eles são remadores profissionais que participaram das Olimpíadas de 2008 em Pequim, também são co-fundadores da HarvardConnection e empresários da Gemini.

SPEDN: é o aplicativo de criptomoeda que pode ser reconhecido pelos scanners nos caixas das lojas que aceitam ativos digitais como forma de pagamento.
Então funciona assim: os comércios configuram suas maquininhas (ou scanners) para reconhecer pagamentos feitos em criptomoedas diretamente pelo smartphone do cliente – que acredito que seja feito por QR Code. O atendente do caixa não saberá se o cliente está pagamento em Bitcoin ou em dinheiro local, mas receberá o pagamento em tempo real da forma que a empresa escolher: cripto ou fiat.
Os comerciantes vão confiar no pagamento em Bitcoin?
Bem, já ouvimos diversas vezes sobre alguns estabelecimentos que aceitam Bitcoins como forma de pagamento. Para o consumidor é ótimo, pois é só usar o QR Code ou fazer uma transferência de uma wallet para a outra. Por outro lado, para a empresa é bem difícil: afinal, qual valor determinar para os produtos/ serviços se a volatilidade das criptomoedas ainda é muito alta? Além disso, uma transferência de Bitcoins pode demorar mais de 30 minutos para ser efetivada, então a empresa fica “segurando” o cliente dentro da loja até receber? E a popularidade do Bitcoin nos crimes cibernéticos? Quem é que vai confiar na moeda?
Porém, com essa nova metodologia será mais fácil fazer esse tipo de pagamento. O scanner vai facilitar a leitura das carteiras, sabendo de onde tirar e para onde mandar e a plataforma Flexa é capaz de validar as transações em tempo real. Paralelamente, a moeda Gemini toma conta dessas transações, fazendo com que o varejista receba seu dinheiro equivalente à quantidade de criptomoedas recebidas.

Por que não encontro estas informações diretamente nos estabelecimentos?
Porque ainda é uma fase de adaptação! Segundo o site “Fortune”, eles conversaram com uma pessoa bem próxima do projeto, mas em condições de anonimato, dizendo que o silêncio é porque o pagamento em criptomoedas ainda é um experimento. As lojas preferem não discutir sobre este assunto até que eles entendam melhor a tecnologia e a demanda dos clientes.
O problema da volatilidade de preços ainda existe, mas de acordo com os gêmeos Winklevoss, isso pode ser mitigado usando o dólar Gemini, que foi desenhado para manter seu valor muito próximo de US$ 1. Em entrevista à Fortune, eles previram a facilidade de uso do Flexa combinada com a estabilidade do produto. O Gemini Dollar levará a um uso mais difundido, especialmente entre o número crescente de pessoas que apreciam a tecnologia por trás da criptomoeda. “A ideia de viver em criptografia é agora uma realidade. Agora você pode fazer isso”, disse Tyler Winklevoss. E você pode ver uma foto dos gêmeos Winklevoss no caixa da Starbucks, aparentemente, fazendo um pagamento em criptomoeda.

Você acha que os pagamentos em Bitcoin e outras altcoins estão ficando mais próximos da realidade (embora já dê certo e esteja acontecendo, ainda está em fase de teste)? Será que vamos conseguir implantar o universo cripto no sistema financeiro tradicional? Isso está cada vez mais perto de acontecer, pois cada vez mais as criptomoedas vão mostrando sua utilidade e a cada dia, nosso sistema financeiro atual caminha rumo ao obsoleto! Conte sua opinião para nós lá no nosso fórum, onde você pode participar de um tópico que está aberto ou até criar um novo post para ser discutido, bem como colocar suas dúvidas lá para que nossa comunidade responda. Estamos sempre debatendo e aprendo cada vez mais sobre o universo cripto. Junte-se a nós clicando aqui ou na imagem abaixo!

Please follow and like us:
error

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *